Transformar o trabalho autónomo dos estudantes


Evento da 1ª Edição

No âmbito da atual situação, assim como estudos sobre os perfis geracionais e as competências exigidas para os profissionais do sec. XXI, abordagens pedagógicas híbridas podem promover maiores níveis de aprendizagem e adequar-se a situações de ensino a distância mais significativo. Existem várias estratégias que permitem criar dinâmicas dentro da sala de aula (presencial/online), ou seja no tempo de contacto. Contudo, motivar os estudantes para trabalhar fora da sala de aula, autonomamente não é fácil e, na maioria dos casos, este tempo não é valorizado pelos docentes e pelos estudantes. O objetivo deste workshop é conhecer e experimentar uma ferramenta (Perusall) que pode transformar o tempo de trabalho autónomo do estudante, tornando o estudo numa atividade social, colaborativa, monitorizada e que pode ser alvo de avaliação. Duração: 1 hora Vagas: 35


  • Data: 02-10-2020 12:00
  • Localização: Evento Online

Descrição

No âmbito da atual situação, assim como estudos sobre os perfis geracionais e as competências exigidas para os profissionais do sec. XXI, abordagens pedagógicas híbridas podem promover maiores níveis de aprendizagem e adequar-se a situações de ensino a distância mais significativo. Existem várias estratégias que permitem criar dinâmicas dentro da sala de aula (presencial/online), ou seja no tempo de contacto. Contudo, motivar os estudantes para trabalhar fora da sala de aula, autonomamente não é fácil e, na maioria dos casos, este tempo não é valorizado pelos docentes e pelos estudantes. O objetivo deste workshop é conhecer e experimentar uma ferramenta (Perusall) que pode transformar o tempo de trabalho autónomo do estudante, tornando o estudo numa atividade social, colaborativa, monitorizada e que pode ser alvo de avaliação.


Mini Biografia

Manuela Francisco 

Doutorada em Educação a Distancia e eLearning, desenvolve investigação na área do eLearning acessível, pedagogia e avaliação em EaD. Learning Designer no Politécnico de Leiria, desde 2007 e Docente convidada e investigadora na Universidade Aberta. Integra a equipa de revisão da versão portuguesa das WCAG e esteve envolvida em vários projetos europeus e grupos de trabalho nacionais, como especialista em eLearning e acessibilidade digital.

Apresentação/outros documentos