Espaços para o Ensino e a Aprendizagem Híbridos no Ensino Superior


Desculpe, o registro terminou.

A necessidade de uma mudança de paradigma educativo, nos ambientes educativos no ensino superior, estabelece uma transformação de âmbito pedagógico, tecnológico e no espaço físico; envolvendo uma análise transversal dos espaços de ensino e de aprendizagem, por forma a promover metodologias de aprendizagem ativa e centrada no estudante. Horário: 14h30 - 16h00 (Portugal Continental) | Duração: 90 minutos | Vagas: 50


  • Data: 08-07-2021 14:30
  • Localização: Evento Online

Descrição

A necessidade de uma mudança de paradigma educativo, nos ambientes educativos no ensino superior, estabelece uma transformação de âmbito pedagógico, tecnológico e no espaço físico; envolvendo uma análise transversal dos espaços de ensino e de aprendizagem, por forma a promover metodologias de aprendizagem ativa e centrada no estudante.
Nesse sentido, as instituições de ensino superior têm vindo a reconhecer e atuar no sentido de transformar os seus ambientes de ensino e aprendizagem, conferindo-lhes as necessárias condições físicas, pedagógicas e tecnológicas, que possam promover práticas pedagógicas ativas, flexíveis e colaborativas. Essa mudança surge sustentada por estratégias de ensino diferenciadas e que promovam uma maior interação e colaboração no processo de aprendizagem.
Esta necessidade de mudança apresenta-se hoje como um dos pontos fulcrais para o processo de transformação, modernização e internacionalização do Ensino Superior português, a par de outros fatores igualmente relevantes, nomeadamente: a) formação pedagógica de docentes, b) a mobilização das tecnologias de informação para a mudança de paradigma formativo vigente e c) a modernização dos espaços de aprendizagem e ambientes de trabalho.
Nesta formação, recuperamos e partilhamos os resultados de uma iniciativa de 2016 no Iscte, através de uma metodologia participativa e de reflexão sobre os contextos físicos, digitais e sociais dos espaços de ensino e aprendizagem, tendo como principais objetivos:
• compreender a importância dos espaços e ambientes de aprendizagem, como catalisadores de práticas pedagógicas ativas e colaborativas.
• conhecer algumas implementações de espaços a nível nacional e internacional
• refletir sobre os futuros espaços de aprendizagem no ensino superior e a sua relação com o contexto de pandemia e pós-pandemia.
Esta formação tem como principal finalidade reconhecer a influência dos espaços físicos e digitais, nos novos cenários e práticas pedagógicas, contribuindo para um redesenho pedagógico das atividades de ensino e aprendizagem, suportadas pela continuidade e articulação entre os espaços físicos, digitais e sociais.

Horário: 14h30 - 16h00 (Portugal Continental) | Duração: 90 minutos | Vagas: 50

Biografia Formador(a):

João Paiva Monteiro

É subdiretor no Laboratório de Competências Transversais do Iscte, responsável pela implementação do Núcleo de Inovação e Desenvolvimento Pedagógico, onde se inclui o suporte técnico e pedagógico à plataforma Online Learning Iscte. Exerceu no Instituto Politécnico de Lisboa, Escola Superior de Educação (ESELx), funções técnicas como gestor da plataforma Moodle e professor adjunto convidado, na área da comunicação e produção multimédia. Licenciado em Ensino pela ESELx, possui Mestrado em Multimédia em Educação pela Universidade de Aveiro e em 2016 concluiu o doutoramento em Tecnologias de Informação e Comunicação em Educação, no Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. Tem como áreas de interesse no contexto do ensino superior: o ensino à distância, inovação pedagógica e mudança organizacional, plágio, necessidades educativas especiais dos estudantes, desenvolvimento pedagógico e competências digitais.

(com coautoria de Sónia Pintassilgo*, Alexandra Paio*, Susana Fonseca*, Neuza Pedro**, Pedro Sebastião*)

* ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa

** Instituto de Educação, Universidade de Lisboa, UIDEF